Tarso News – Justiça confirma justa causa de empregado que filmou empresa sem permissão

 em Tarso News

O Tribunal Superior do Trabalho confirmou a justa causa aplicada a ex-funcionário da JBS que havia postado uma filmagem da linha de produção em suas redes sociais. Isto porque o regulamento da empresa proíbe a filmagem e o desrespeito desta proibição configura falta grave.

Na ação trabalhista, o funcionário que exercia a função de desossador argumentou que não tinha conhecimento sobre a proibição de portar celular durante a jornada de trabalho.

Em defesa, a JBS apresentou documento assinado pelo empregado que constava proibição explícita de copiar, enviar, fotocopiar ou utilizar qualquer meio de mídia de gravação para divulgar informações da empresa, sendo esta conduta passível de aplicação de falta grave.

Caso tenha seu direito desrespeitado, ou tenha alguma dúvida sobre este tema, procure um advogado de sua confiança!