Reconhecido direito ao pagamento de horas extras a trabalhador de atividade externa

 em Informativos

Uma empresa de monitoramento de alarmes foi condenada pela Justiça do Trabalho de São Paulo ao pagamento de horas extras a um trabalhador que executava atividades externas.

No processo, a Juíza que analisou o caso reconheceu que o trabalhador tinha razão, uma vez que, embora desempenhasse atividades externas, se reunia diariamente com os supervisores, no início e término das jornadas, bem como em razão de os seus intervalos para refeição poderem ser controlados pela empresa através de aplicativo de celular.

Assim, considerando que o controle de jornada era possível, e que a empresa não apresentou cartões de ponto do trabalhador no processo, prevaleceu a jornada de trabalho comprovada pelas partes e testemunhas ouvidas em audiência, reconhecido o trabalho em jornada extraordinária, e com a condenação da empresa ao pagamento de todas as horas extras cumpridas após a oitava hora diária ou quadragésima quarta hora semanal, aplicando o artigo 224, caput da CLT e o critério mais favorável ao trabalhador.

Procure um advogado de sua confiança caso tenha alguma dúvida relacionada a este tema.

Fonte: https://www.migalhas.com.br/quentes/357387/trabalhador-de-atividade-externa-consegue-pagamento-de-horas-extras